O PERFIL PROFISSIONAL QUE AS EMPRESAS BUSCAM

Fonte: Reprodução/Auliney Paiva Publicação: 14/07/2016
O PERFIL PROFISSIONAL QUE AS EMPRESAS BUSCAM
Fonte: Reprodução/Auliney Paiva

Recrutar, selecionar e contratar um colaborador não é uma das mais fáceis tarefas para as empresas. Essa atividade demanda tempo, trabalho e dinheiro e mesmo assim, depois de muita pesquisa e várias entrevistas o empresário ainda corre o risco de acabar errando na contratação do candidato.

 

Para minimizar a chance de erros durante o processo seletivo, vale ressaltar certos aspectos, para que todo este investimento seja recompensado. Para isso, é importante procurar saber “QUAL O PERFIL PROFISSIONAL QUE A EMPRESA ESTÁ BUSCANDO”?

 

No universo corporativo a mudança é algo frequente, fator este que tem contribuído para o aumento do nível de exigência na hora da contratação. Ter um currículo impecável, falar outras línguas e possuir formação acima da média não significa que o candidato será o mais indicado para cobrir uma determinada vaga.

 

Então qual é o diferencial? Não basta apenas ser comunicativo, outros atributos são indispensáveis e podem trazer bons resultados para a empresa caso a contratação ocorra. São eles:

 

  • Iniciativa – Não esperar ser mandado para fazer algo. Apesar de existirem atribuições que lhe sejam dadas no ambiente organizacional, lembre-se: - Existem oportunidades de realizar ainda mais. Mexa-se.
  • Cooperação – Os empregadores almejam por funcionários envolvidos, que se dedicam ao trabalho, que forneçam sugestões com o objetivo de melhorar o desempenho pessoal, coletivo e da empresa.
  • Flexibilidade - Capacidade de se adaptar e conseguir trabalhar de forma eficaz nas mais distintas situações e com grupos de pessoas diferentes.
  • Proatividade – Tomar a iniciativa, vestir a camisa da empresa e ter coragem para prever e encarar novos desafios, está sempre pesquisando, buscando coisas novas, se atualizando frente as mudanças do mercado.
  • Trabalho em Equipe – Impossível pensar no sucesso profissional de forma isolada e unilateral. Saber trabalhar em equipe, dividir informações, somar conhecimentos, multiplicar esforços, minimizar problemas e maximizar resultados positivos é o objetivo de toda empresa.
  • Domínio de Tecnologias - A infinita capacidade de criação tecnológica impõe novos desafios ao universo corporativo. Para o empresário, o fato do colaborador fazer uso de novas tecnologias ajuda a melhorar a eficiência, diminuir perdas e desperdícios nas organizações.
  • Ética e Confiança – Desempenhar todas as atividades da sua profissão, seguindo os princípios do seu grupo de trabalho. Toda profissão tem o seu próprio código de ética, que pode variar, graças as diferentes áreas de atuação. A confiança é uma das bases que mantém as relações humanas.
  • Criatividade - Uma das características mais desejadas, justamente em razão da necessidade que as empresas têm de estar sempre inovando. Neste caso, é fundamental ter raciocínio lógico e habilidade para tomar a decisão certa na hora certa.

 

As empresas estão cada vez mais exigentes, buscando profissionais qualificados e diferenciados. Vale ressaltar também as mudanças no método de seleção. Atualmente as redes sociais são muito utilizadas pelas empresas de recrutamento na hora de avaliar o perfil de um candidato.

 

Fotos de biquíni, sunga, sem camisa, baladas, uso de bebidas alcoólicas e opiniões abertas sobre temas polêmicos, entre outros, podem causar uma imagem negativa de você. Lembre-se que o perfil pessoal na internet traz informações adicionais e mostra mais da sua personalidade. Estes fatores serão levados em consideração no momento de avaliar o seu perfil profissional e analisar se ele se encaixa nos requisitos exigidos pelo cargo.

 

Boa sorte!

 

Veja Também

Outras Matérias

Qual o Tema da Notícia?